Entrada > Notícias > Revisitar o palco do THSC

Revisitar o palco do THSC

ESMAE

NINGUÉM DANÇA SÓBRIO, A NÃO SER QUE ESTEJA LOUCO. Coro Geral, Coro de Câmara, Pianistas e Solistas da ESMAE. Quarta-feira, 8 de julho, 21h30


NINGUÉM DANÇA SÓBRIO, A NÃO SER QUE ESTEJA LOUCO

Nemo saltat sobrius, nisi forte insanit (Cícero)

 

Espetáculo apresentado no palco do Teatro Helena Sá e Costa no dia 6 de junho de 2018

Coro Geral e Coro de Câmara da ESMAE

Pianistas e Solistas da ESMAE

Direção: Barbara Francke

 

Assistir aqui: www.esmae.ipp.pt/revisitar-palco-thsc

 

Ninguém dança sóbrio, a não ser que seja louco (Nemo saltat sobrius, nisi forte insanit) 

Este proverbio de Cicero serviu de modelo para a letra da peça a-cappella "Bossa Buffa" do compositor sueco Arne Mellinä, assim como também nos inspirou para o tema do nosso concerto vocal.

 A peça de Mellinä insere-se numa ilustre companhia de obras de música vocal pelas quais nos vamos "dançar". Convido o público a juntar-se a este "baile" muito animado pelo mundo da música vocal do século 19 e 20. A-cappella  ou acompanhados  pelo piano, saltaremos da forma mais graciosa possível, de pérola em pérola musical, produzindo assim, uma alegre atmosfera de início de verão. 

Se não conseguirem ficar sóbrios, não se preocupem, pelo menos significa que não enlouqueceram! 

Barbara Francke

 

Programa:

Robert Schumann (1810-1856)

Op.29 Nr.3 – Zigeunerleben (Vida dos Ciganos)

João Rangel - Piano

 

Camille Saint-Saens (1835-1921)

Op.68 Nr.2 – Les fleur et les arbres

Gabriel Fauré (1845-1924)

Op. 35 – Madrigal

Anastasia Poustovgar - Piano

 

Claude Debussy (1862-1918)

Trois Chansons

I. Dieu! Qu’il la fait bom regarder! II. Quant j’ai ouy le tabourin III. Yver, vous n’estes qu’un villan

Maurice Ravel (1875-1937)

de Trois Chansons

I. Nicolette II. Trois beaux oiseux du Paradis

Béla Bartok (1881-1945)

Quatro Canções Eslovacas

I. Canção de casamento II. Canção da colheita de feno III. Canção de dança de Medzibrod IV. Canção de dança de Poniky

Rafael Pinto - Piano

 

Antonín Dvorak (1841-1904)

Sons da Morávia

I. "A fuga" II. "O pássaro" III. "A separação" (Coro) IV. "As lágrimas" V. "A menina modesta" VI. "Despedida sem sofrimento"

(Coro) VII. "O anel" VIII. "Confiança" IX. "O penhor do amor" (Coro) X. "A prisioneira" XI. "Conforto" XII. "A abandonada"

(Coro) XIII. "A rosa selvagem"

Raquel Mendes - Soprano; Patrícia Silveira - Contralto; Ana Isabel Santos - Piano

 

Fernando Lapa (n. 1950)

Seis Bagatelas sobre Poemas de Alexandre O’Neill

I. Já II. Breve III. Provérbio IV. Responso V. Ailitla VI. Discurso

Joana Margarida Morante - Piano

 

Arne Mellinäs (1933-2002) Bossa Buffa

“Nemo saltat sóbrius, nisi forte insanit” (Cícero)

“Ninguém dança sóbrio, a não ser que esteja louco”

 

 

Grupo de Música de Câmara

orientado pelo Prof. Bruno Pereira

Direção

Barbara Francke


Coro de Câmara

Maria Mendes, Ana Alexandra Almeida, Constança Branco, Rafaele Monteiro, Teresa Queirós, Raquel Mendes, Federica Miranda, Gustavo Queirós, Miguel Reis, Agnela Marinho, Tiago Candal, João Paulo Sousa, Luís Ventura, Igor Vale, Pedro Ferreira, Pedro Mesquita.


Coro Geral

Marta Nabais, Ava Passos, Catarina Costa, Margarida Lázaro, Ana Patrícia Almeida, Maria Laura Nunes, Sara Figueiredo, Eugénia Viana, Inês Costa, Francisca Martins, Ana Fernandes, Rafaela Alves, Anastacia Poutovgar, Catarina Vieira, Mariana Louros, Joana Margarida Morante, Luana Ramos, Maria Diz, Rúbem Teixeira, Rúben Borges, Pedro Gomes, João Rodrigues, Rafael Pinto, Joaquim Ribeiro, Ricardo Ferreira, Francisco Fernandes, Renato Vieira, Gustavo Queirós, Gonçalo Mota, Eduardo Serra, Frederico Ribeira, Rui Pedro Braga Simões, Tiago Santos, João Albergaria, Vítor Oliveira , Henrique, Gonçalo Oliveira, José Miguel Oliveira, João Gustavo Rangel, Francisco Gomes, José Gabriel Teixeira.

 

 

Autor

antoniogorgal@esmae.ipp.pt

Partilhar