Entrada > Notícias > Na Casa de Allen

Na Casa de Allen

ESMAE

De 29 de junho a 6 de julho, promovido pelo Curso de Música Antiga da ESMAE.


IV Festival de Música Antiga da ESMAE

Iniciado em Outubro de 2004, o Curso de Música Antiga da ESMAE (CMA) conta com cerca de 50 alunos nos 11 instrumentos leccionados (canto, violino, viola, violoncelo, viola da gamba, flauta, traverso, oboé, fagote, cravo e alaúde). Em 2015 o CMA criou o Festival de Música Antiga da ESMAE onde reúne, anualmente, os recitais dos seus alunos finalistas, assim como os Recitais finais de Música de Câmara. Sendo as apresentações em locais exteriores ao espaço escolar, e em modelos proto-profissionais, um dos pontos centrais da formação ministrada, a emblemática Casa de Allen tem sido, através do protocolo estabelecido com a Direcção Regional de Cultura do Norte, o espaço de acolhimento desta iniciativa. 

A aquisição de hábitos de palco desempenha um papel fundamental na filosofia que rege o CMA. Nesse sentido, os alunos são encorajados a se apresentarem em palco o mais regularmente possível, quer em audições livres e organizadas pelos próprios alunos, quer em concertos dentro e fora de portas. Os grupos mais representativos do Curso de Música Antiga - a Orquestra Barroca, Laboratório de Ópera Barroca e o Sesquialtera - são o principal ponto de contacto dos alunos com parte relevante do repertório dos séculos XVI-XVIII e apresentam-se regularmente em concertos dirigidos pelos seus professores ou por maestros convidados. Para além de concertos em diferentes espaços da cidade (teatros, igrejas e outros edifícios de valor patrimonial), o CMA tem desenvolvido uma regular actividade na produção de espectáculos a partir de repertório de cena, sendo exemplos: Ballet de la Raillerie de J.B. Lully nas Caves Krohn (2014), Acis & Galatea de G.F. Haendel em diferentes mosteiros da Rota do Românico, inserido no Festival “Palcos do Românico” (2014); Dido and Aeneas de H. Purcell na Casa Andresen e na Sala Paraninfo (Universidade de Santiago de Compostela), inserido no Festival “Maio Lírico” (2015); Cantata do Café de J.S. Bach no Café Concerto da ESMAE, como concerto de abertura da II Academia Júnior de Música Barroca (2016); Combatimento di Tancredi e Clorinda /Ballo delle Ingrate  de C. Monteverdi na Igreja da Universidade de Compostela, inserido no Festival “Maio Lírico” (2017); Fábulas de La Fontaine de M.R. Delalande no Teatro Helena Sá e Costa, como concerto de abertura da IV Academia Júnior de Música Barroca  (2018); Cantata do Café de J.S. Bach no Auditório Municipal de Castelo de Paiva e no Café Astoria, inserido no Festival de Música In Spiritum (2018).


Organização:

Curso de Música Antiga da ESMAE, ESMAE, P.PORTO, DRCN


Programa:

 29 de junho

Música de Câmara | 17 horas

30 de junho

Música de Câmara | 16 horas

2 de julho

Música de Câmara | 13 horas

Música de Câmara | 17 horas

3 de julho

Recital de Cravo| 18 horas

4 de julho

Recital de Violino Barroco | 14:30 horas

Recital de Violoncelo Barroco | 18 horas

5 de julho

Recital de Canto | 14:30 horas

Recital de Canto | 18 horas

6 de julho

Recital de Canto | 14:30 horas

Recital de Canto | 18 horas

 

Entrada livre até ao limite da lotação da sala
Duração aproximada de cada concerto: 75 minutos

Autor

antoniogorgal@esmae.ipp.pt

Partilhar