MÓNICA MELO

Mónica Melo, nascida no Porto em 1980, iniciou o seu percurso profissional em 1994, como aprendiz em atelier de alta-costura, onde ficou durante 10 anos. Pelo caminho foi ganhando o gosto e trabalhando também em decoração de interiores, influenciada pela profissão do pai, estofador de móveis.

Em 1995 iniciou no teatro, como costureira e assistente de camarins e pode-se dizer que ficou o “bichinho” e o gosto do teatro na área de Figurinos e trabalho de bastidores que vai fazendo até aos dias de hoje, entre assistência de camarins, assistência a Figurinistas, Design e confeção.

Em 2004, trabalhou em uma confeção a fazer os protótipos para os clientes. Em 2005 foi convidada para ser responsável de guarda-roupa da Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo, onde está até hoje.

Em 2013, ingressou no Curso de Teatro, ramo Produção e Design, variante Figurinos terminando em 2016.

Em 2017, foi convidada para Docente integrado na disciplina de Oficina de Teatro na área de Figurinos na Esmae.

 


 

Estes esboços foram feitos, durante a minha licenciatura na Esmae, para a disciplina de Design. 

Comecei este projeto, com a escolha da minha personagem “Cruella Deville”, traçando o seu perfil psicológico, em seguida fiz uma pesquisa detalhada de cada figurino já usado pela própria. Pesquisei matérias e comecei a explorar texturas e formas, decidi escolher o veludo por ser um material forte, pesado, com corpo e volume. Depois comecei a fazer esboços, para decidir a forma e silhueta que pretendia.

 

(Clique nas imagens para ampliar)