Entrada > FestivalSet > Programação > Quinta, 12 de julho

Quinta, 12 de julho

 

15h00 - Infinite regress of time continuum - Jardim de Cenografia | ESMAE

INSTALAÇÃO

Instalação de interação com o público, a partir da obra ‘Present Continous Past’ de Dan Graham.

(Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo)

 



15h00Recital de Piano - Sala Teresa Macedo | ESMAE

MÚSICA

Recital a solo pelo pianista João Albergaria, interpretação de obras de Bach, Beethoven e Liszt.

(Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo)

 


 

16h00Sui Generis - Sala Preta | ESMAE

DANÇA

Seis mulheres e Seis vidas…

Espelhadas naqueles que serão as visões de cada um.

Ao som da música da vida cada personagem é aquilo que cada um quer ver e julgar.

Não importa o personagem ou o seu Ego.

(Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo)

 


 

17h00Deixemos as Coisas Combustão - Auditório da Escola Superior de Educação

TEATRO

Veja, são 5, 7, 9 horas. Aqui diz que Bobby Watson ardeu. Que curioso e que coincidência! Quem é que está interessado em aquecer esta confusão? Não sabemos onde vamos parar, é porque moramos nos arredores de Londres e porque o nosso nome é Smith. Oh, evidentemente. (estalar de língua)

Bom, sentem-se aí e agora esperem.

(Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo)

 


 

18h00Concerto de Clarinetes AD LIBITUM - Esplanada do Café Concerto Francisco Beja

MÚSICA

(Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo) 

 


 

19h00A Pessoa de Fernando - Sala 213 | ESMAE

TEATRO

Num contexto ficcional, Fernando Pessoa, bêbado, lê nos astros que nunca mais se deve envolver com Ophélia. Nunca mais lhe deve ver. Nunca mais lhe deve escrever. Porém, este vê-se decidido em enviar uma última carta – tarefa que não está a conseguir realizar. Perturbado pelo descontrolo, o seu desassossego é humanizado, colocando em palavras os seus próprios pensamentos. Eis que, os seus heterónimos invadem, como paródias de eles mesmos, com o intuito de ajudar Pessoa a cumprir esta última tarefa.

(Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo)

 


 

22h00Autólise - Sala Preta | ESMAE

TEATRO

Ajudado pela gravidade, o corpo caiu ao chão e morreu quase instantaneamente. O fim destas vidas, como mimetismo do seu principio, vislumbra-se na devastação que as circunda. Assim como nos indícios de decomposição das suas peles frígidas, imunes ao contacto com qualquer coisa, desgastadas de estar, paradas.                                           

 "De plus en plus haut, de plus en plus épaisSamuel Beckett 

Sem a instauração de um começo ou a previsão de um fim o potencial da peça reside no processo que se repete até a exaustão. As regras do jogo impõem-se, numa espiral de tentativa e erro (sempre erro!); e os personagens, submetidos a uma causa maior, hesitam em atingir um fim.

Dois planos em dualidade, confinados a um espaço reduzido, porém exposto ao olhar do público que aguarda e observa como este casal tenta provocar o seu próprio fim, revolvendo no lixo, ao procurar infligir-se uma, cada vez maior, dor pelo passado.

(Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo)

 


 

22h30ESMAE Forró - Café Concerto Francisco Beja

DANÇA, MÚSICA