Entrada > Cursos > Pós-graduações > Pós-graduação em Direção de Orquestra

Pós-graduação em Direção de Orquestra

O Departamento de Música visa a formação, ao mais alto nível, de profissionais ligados à música:

instrumentistas, cantores, compositores, docentes para o ensino de música especializado, e técnicos

de som, audiovisual e multimédia. Para além dos cursos tradicionalmente existentes no ensino

superior (Instrumento, Canto e Composição) devem salientar-se 3 variantes, inovadoras a nível

nacional: Jazz, Música Antiga e Produção e Tecnologias da Música. No departamento de Música há diversos agrupamentos que fazem a ponte com o meio profissional e artístico, entre os quais: Orquestra Sinfónica

da ESMAE, Coro Geral, Coro de Câmara, Coro de Jazz, Oficina de Música, Orquestra de Cordas, Orquestra

de Sopros, Orquestra Portuguesa de Saxofones, Orquestra de Música Antiga, Orquestra de Jazz e Camerata NovNorte.

 

Diurno
Acreditado por: Acreditado preliminarmente

Consultar relatórios em www.a3es.pt

Unidade Ano Período
Análise Musical Aplicada 1 1º Semestre
Opção I 1 1º Semestre
Prática do Teclado e Observação de Práticas Instrumentais 1 1º Semestre
Técnicas de Direção I e Observação de Ensaios - Coro e Orquestra 1 1º Semestre
Opção II 1 2º Semestre
Orquestração 1 2º Semestre
Técnicas de Direção II e Prática Orquestral e Coral 1 2º Semestre
Práticas Coletivas 1 2º Semestre

- Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal;

- Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;

- Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado, pelo Conselho Técnico-Científico da Escola;

- Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos, pelo Conselho Técnico-Científico da Escola.

- Cantores; Atores; Encenadores; Diretores de Cena; Cenógrafos; Figurinistas; Designer de luz, som e multimédia; Compositores; Maestros; Correpetidores; Musicólogos; Críticos e Jornalistas de Música; Produtores e gestores culturais; outros Profissionais das Artes e do Espetáculo.

Legislação fundamental de suporte destes concursos: Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março alterado pelo Decreto-lei nº 107/2008 de 25 de Junho.